Apendicite e Apêndice cecal: conceitos, sintomas e diagnóstico por imagem

A apendicite é uma inflamação séria que deve ser diagnosticada e tratada o quanto antes.

A apendicite é uma inflamação do apêndice cecal, um órgão até pouco tempo considerado rudimentar sem nenhuma função aparente. Fato é que nós podemos viver tranquilamente sem o apêndice cecal sem consequências aparentes. A apendicite é uma emergência médica que quase sempre requer cirurgia imediata para remover o apêndice. Se não for tratado, um apêndice inflamado eventualmente poderá perfurar e disseminar material infeccioso na cavidade abdominal. Isso pode levar à peritonite, uma inflamação grave do revestimento da cavidade abdominal (o peritônio) que pode ser fatal, a menos que seja tratada rapidamente com antibióticos fortes.

O que é o apêndice cecal?

O apêndice cecal, também conhecido como apêndice vermiforme (esse nome pela sua semelhança com um verme), até recentemente, era considerado uma parte rudimentar do intestino. Na tentativa de descobrir uma função plausível do apêndice humano, tem havido uma busca por homologia com o apêndice de outros mamíferos. O fato de que o apêndice é muito maior em certos mamíferos “inferiores”, como os coelhos, por muito tempo levou à conclusão de que o nosso apêndice poderia ser considerado um órgão vestigial (órgão que já teve função no passado mas deixou de ter com a evolução da espécie). A falta de um apêndice cecal claro em alguns primatas evolutivamente mais próximos, entretanto, parece contradizer essa hipótese

Durante os últimos anos, no entanto, vários estudos têm sugerido sua importância imunológica do apêndice cecal para o desenvolvimento e preservação do sistema imune intestinal. Nestes trabalhos, o apêndice demonstrou ter importante interação com a flora intestinal. Neste ambiente microbiótico, o apêndice aparece como uma “casa segura” para a flora intestinal comensal! Alguns estudos prepuseram que as bactérias comensais (aquelas que são benéficas ao nosso intestino) podem ser reintroduzidas na flora intestinal a partir do apêndice em caso de doenças (como diarreias por exemplo) e que, portanto, o apêndice pode ser considerado como uma parte importante da saúde intestinal.

Portanto, se falarem pra você que o apêndice não “serve pra nada”, revide esta frase dizendo o apêndice vermiforme não é um órgão rudimentar, mas sim uma parte importante do sistema imunológico com uma função distinta dentro do nosso trato digestivo.

O que causa apendicite?

O apêndice comunica-se com o intestino grosso, especificamente o ceco, através de sua luz. A apendicite ocorre sempre que a luz do apêndice fica bloqueada, podendo ser por fezes ou algum corpo estranho. O bloqueio também pode ocorrer por alguma infecção, uma vez que o apêndice pode inchar em resposta a qualquer infecção no corpo e obstruir sua própria luz.

Quais os sintomas dessa doença?

  • Dor incômoda perto do umbigo ou da parte superior do abdômen que se torna mais importante à medida que se move para o abdome inferior direito. Este é geralmente o primeiro sinal;
  • Perda de apetite;
  • Náuseas e / ou vômitos logo após a dor abdominal;
  • Inchaço abdominal;
  • Febre.
A apendicite é uma inflamação séria que deve ser diagnosticada e tratada o quanto antes.

Como é feito o diagnóstico?

Diagnosticar a apendicite pode ser complicado. Os sintomas de apendicite são frequentemente vagos ou comuns a outras doenças do trato digestivo.

Dentre os exames que vão auxiliar no diagnóstico estão os exames de sangue e exames de imagem. A ultrassonografia hoje é o primeiro exame de imagem que deve ser realizado e que tem uma boa acurácia tanto para confirmar a suspeita diagnóstica como para, em caso negativo, sugerir um diagnóstico alternativo. Em um segundo momento, caso a ultrassonografia não consiga caracterizar o apêndice e o paciente tenha uma suspeita do quadro, a tomografia tem um papel importante no diagnóstico da apendicite.

Avatar

Dr. Augusto Teixeira

O Dr. Augusto Teixeira é pos-graduado em Radiologia e Diagnóstico por Imagem, sendo especialista em procedimentos de punção e biópsia guiados por métodos de imagem (ultrassonografia e tomografia) pelo Instituto do Cancer e Hospital das Clinicas do Estado de Sao Paulo (ICESP/USP).

Ciente da importância de ter um médico de confiança, o Dr. Augusto preza por um atendimento humanizado e comprometido com seu paciente, oferecendo um atendimento que visa diminuir os medos e inseguranças da pessoa.

CRM: 148618

Envie-nos um whatsapp!

Entre em contato com o doutor enviando uma mensagem por WhatsApp

LIGAR

Olá! Gostaria de receber uma ligação gratuita?

Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 3 pessoa a deixar uma mensagem.

NÓS TE LIGAMOS! Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.