Mamas densas: qual o significado?

A mama densa é detectada em exames de mamografia. No entanto, exames de imagem adicionais são recomendados para mulheres com seios densos. Se você fez uma mamografia recente que mostrou que você tem mamas densas, você deve estar se perguntando: “ o que significa isso?” “qual a influência desta informação para o rastreamento de câncer de mama?”. Já é sabido que mamas densas dificultam o rastreamento do câncer de mama e que aumentam o risco de câncer de mama.

Neste caso, é necessário conversar com seu médico para avaliar a necessidade de exames adicionais de rastreamento de câncer de mama. Assim, o médico poderá avaliar quais os exames de triagem mais adequados para você.

LEIA TAMBÉM:

SISTEMA BETHESDA E CLASSIFICAÇÃO DOS NÓDULOS DE TIREOIDE
CISTO NA TIREOIDE: QUAL O SIGNIFICADO? O QUE CAUSA?

O que são as mamas densas

Quando falamos que uma mama é densa, significa dizer que existe uma grande quantidade de tecido glandular visualizado em um exame de mamografia. Este é um achado normal e comum.

O tecido mamário é composto de glândulas mamárias, ductos de leite, tecido de suporte, e tecido adiposo (tecido mamário não denso). Na mamografia nós temos basicamente duas densidade principais, que é a da gordura, que aparece mais escura, e a densidade do tecido glandular e de suporte, que aparece mais branca.

As mamas densas são mais difíceis de ser avaliadas em uma mamografia porque como há um predomínio de tecido glandular e de suporte, a maior parte da mama aparece branca, o que dificulta a caracterização de lesões suspeitas, pois estas também aparecem brancas à mamografia. Já naquelas mamas onde predomina a gordura, a mamografia aparece mais escura, o que facilita a detecção de lesões em seu estágio inicial, pois exite maior contraste de densidades (gordura x lesão).

Como o médico analisa se uma mama é densa

O médico radiologista que analisa sua mamografia determina a proporção entre gordura e tecido glandular para avaliar o nível de densidade mamária.

Os níveis de densidade mamária são descritos usando um sistema de relatório de laudos denominado de Breast Imaging Reporting and Data System (BI-RADS, do inglês). Os níveis de densidade são freqüentemente registrados no relatório de mamografia. Os níveis de densidade são:

  • Mama predominantemente gordurosa: tem a maior parte da sua composição de gordura (>75%)
  • Mama parcialmente gordurosa: tem boa parte da sua composição de gordura (25% – 50%)
  • Mama densa heterogênea: tem a maior parte da sua composição de tecido fibroglandular (51% – 75%)
  • Mama extremamente densa: tem a maior parte da sua composição de tecido fibroglandular (>75%)

Em geral, aquelas mulheres cujas mamas são classificadas como mama densa heterogênea ou mama extremamente densa são consideradas como tendo mamas densas. Cerca de metade das mulheres submetidas a mamografias têm mamas densas.

Figura 1

mamas densas figura 1

Mamas densas

Esta imagem representa duas mamografias. Na mamografia da esquerda temos a representação de uma mama densa. Na mamografia da direita temos a representação de uma mama com predomínio de gordura (não densa). Observe a diferença entre as duas: na mama densa o tecido fibroglandular é mais abundante e aparece em tonalidade mais branca, enquanto que na mama com predomínio de gordura as áreas escuras predominam, indicando a abundância de gordura.

Figura 2

Mamas densas

Nesta imagem ilustramos a influência de detecção de câncer em uma mama densa x mama com predomínio de gordura. Perceba que um mesmo nódulo (seta) com densidade semelhante ao tecido glandular aparece nitidamente na mama com predomínio de gordura (à direita), facilitando a sua detecção em exames de rastreamento. Já na mama densa (à esquerda), note que o mesmo nódulo, na mesma localização tem maior dificuldade em ser visualizado. Isto acontece justamente porque existe um menor contraste entre o nódulo e o tecido glandular da mama densa.

O que causa uma mama densa

Não se sabe ao certo por que algumas mulheres têm mais tecido glandular do que outras. A probabilidade de possuir mamas mais densas está relacionada a:

  • Mulheres jovens: existe uma tendência de redução da densidade mamária com a idade. Entretanto, isso não é regra, sendo possivel que mulheres mais velhas também tenham mamas densas.
  • Mulheres com índice de massa corpórea (IMC) menor: mulheres com menos gordura corporal são mais propensas a ter tecido mamário mais denso em comparação com mulheres obesas.
  • Mulheres em terapia de reposição hormonal: mulheres na menopausa que fazem terapia de reposição hormonal são mais propensas a ter mamas densas.

LEIA TAMBÉM:

COMO ENTENDER OS EXAMES DE RASTREAMENTO
O QUE É ULTRASSONOGRAFIA DA TIREOIDE COM DOPPLER?

Por que a densidade mamária é importante

Sendo assim, mamas densas trazem duas preocupações principais:

  • Aumenta a chance de que um câncer de mama não seja detectado na mamografia. Isto acontece porque como vimos, o aumento da densidade mamária dificulta a caracterização de lesões. Ainda por cima as de câncer, pois apresentam a mesma densidade que o tecido glandular.
  • Aumenta a chance de câncer de mama.

O que fazer nos casos de mamas densas

Mesmo nas mamas densas, a recomendação para rastreamento de câncer de mama continua sendo a mamografia. Entretanto, alguns exames podem ser necessários para complementar a mamografia. Já que há redução de sua sensibilidade na detecção de câncer em mamas densas. Entre os exames adicionais podemos citar a ultrassonografia da mama assim como a tomossíntese. Converse com seu médico e saiba qual o exame indicado para você.

Avatar

Dr. Augusto Teixeira

O Dr. Augusto Teixeira é pos-graduado em Radiologia e Diagnóstico por Imagem, sendo especialista em procedimentos de punção e biópsia guiados por métodos de imagem (ultrassonografia e tomografia) pelo Instituto do Cancer e Hospital das Clinicas do Estado de Sao Paulo (ICESP/USP).

Ciente da importância de ter um médico de confiança, o Dr. Augusto preza por um atendimento humanizado e comprometido com seu paciente, oferecendo um atendimento que visa diminuir os medos e inseguranças da pessoa.

CRM: 148618

Envie-nos um whatsapp!

Entre em contato com o doutor enviando uma mensagem por WhatsApp

LIGAR

Olá! Gostaria de receber uma ligação gratuita?

Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 3 pessoa a deixar uma mensagem.

NÓS TE LIGAMOS! Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.